A Associação do Ministério Público do Estado do Acre – AMPAC, fundada em 5 de Julho de 1984 e declarada de utilidade pública pela Lei Estadual nº 983, de 4 de julho de 1991 é a entidade que reúne os Promotores e Procuradores de Justiça, ativos e inativos.

A primeira diretoria da Associação foi eleita em reunião presidida pelo Procurador-Geral, Dr. Felipe Assef, integrada pelo Dr. Durval Vieira Maia, Presidente, Dr. Celso Cosme Salgado, Vice-Presidente, Dr. Walder Gomes da Costa, Tesoureiro, Drª Maria da Glória Galvão Nobre Dantas, Secretária, Dr. Manoel Leite Araripe, Tesoureiro Suplente e Vanderley Nonato de Oliveira, Secretário Suplente.

Nossa entidade associativa tem por finalidade, entre outras, congregar os membros do Ministério Público do Estado do Acre, promovendo a cooperação e a solidariedade entre eles, de modo a estreitar e fortalecer a união, bem ainda fortalecer o Ministério Público defendendo, sobretudo, seus princípios institucionais, sua independência e suas funções.

Objetiva, outrossim, promover a representação e a defesa judicial e extrajudicial dos direitos e interesses coletivos e individuais homogêneos, garantias, autonomias, prerrogativas, interesses e reivindicações dos membros associados, prestar-lhes assistência judicial e extrajudicial, bem como apoio moral, quando injustamente atingidos no exercício de suas funções.

Ainda, colaborar com os poderes públicos no aperfeiçoamento da ordem jurídico-social, realizando estudos e apresentando propostas para solução de problemas que, direta ou indiretamente, digam respeito ao Ministério Público ou aos seus membros, promover e estimular o debate e a busca de soluções para questões relacionadas ao acesso à justiça e a outras demandas da classe, buscar melhores condições previdenciárias, de saúde, de seguridade e de assistência social para os membros do Parquet, promover atividades de natureza científica, cultural e social, objetivando o aprimoramento e a integração da classe.

A Associação do Ministério Público do Estado do Acre busca, também, no âmbito nacional, o fortalecimento e a independência do Ministério Público consolidados na Lei 8.625/93 e no texto da Constituição Federal em vigor desde 5 de outubro de 1988.

A AMPAC, juntamente com outras Associações estaduais do Ministério Público integra a Associação Nacional dos Membros do Ministério Público – CONAMP e em estado permanente de luta para a consolidação do Estado Democrático de Direito, aprimoramento e manutenção das instituições legalmente constituídas no Estado do Acre e no País.